GAMES  
 
22/08/2017 - Atualizado em 22/08/2017
Entrevista com Guilherme Fonseca (GuiFera), campeão mundial de PES-2017
Gamer de Jaú sagrou-se campeão mundial em Junho na Inglaterra e faturou US$ 200 mil (R$652 mil)
Por André Santos
 

 

 

O paulista Guilherme Fonseca, o “GuiFera”, fez história em Junho deste ano ao se tornar o primeiro brasileiro a vencer o campeonato mundial de PES (Pró Evolution Soccer), a chamada PES League.

A competição aconteceu no estádio do Arsenal, em Londres e contou com os principais competidores do mundo nesta modalidade.

Para ter a chance de disputar a PES League, “GuiFera” conquistou o e-Brasileirão, representando o Santos, e ficou em terceiro na Liga das Américas para a decisão da PES League.

O Mural do Esporte conversou com exclusividade com o jovem talento que mostrou humildade e consciência sobre o que fazer com os prêmios em dinheiro que recebe das competições que vence.

 

Conheça um pouco sobre Guilherme Fonseca, o “GuiFera”.

Com 18 anos de idade, Guilherme atualmente estuda Ciência da Computação na cidade de Jaú, interior de São Paulo onde mora com a família.

Descobriu o gosto pelos games aos quatro anos de idade, e como toda criança jamais imaginou chegar aonde chegou.

Sua primeira competição presencial foi no ano de 2014, ou seja, apenas 3 anos competindo presencialmente. Vale lembrar que ele já competia em torneios online desde 2013.

Entre seus principais títulos estão os de Bi Campeão do Campeonato Brasileiro da CBFDV, campeão do e-brasileirão da CBF, campeão da Copa Playstation e agora, campeão mundial.

Isso tudo, sem deixar de levar uma vida normal, estudar e aproveitar a vida social fora das competições.

- A minha rotina é normal, faço faculdade, e sigo uma vida social como qualquer pessoa.- disse Guilherme.

Antes de conquistar todos esses títulos, foi preciso descobrir que tinha potencial para tanto, e os responsáveis por isso foram seus próprios adversários .

 

 

- Em 2013 comecei a disputar uns torneios online e alguns adversários conversaram comigo, me disseram que eu jogava bem e que poderia ter uma carreira bem sucedida,  conversei com meus pais e eles acreditaram nisso, então começamos a investir.

Sobre a experiência de estar participando de competições de nível mundial, ele se revela surpreso com a rápida ascensão de sua carreira.

- Joguei 2 mundiais. Em 2016 na Itália onde fui vice-campeão e agora em 2017 fui campeão na Inglaterra. Mas tudo aconteceu muito rápido e confesso que não esperava acontecer dessa forma. Todos os jogadores sonham com o título mundial e comigo não foi diferente.

Guilherme também falou sobre a evolução dos e-sports(jogos eletrônicos) nos últimos anos.

- O e-sports já é uma realidade e está em uma constante evolução, ainda falta um pouco de investimento no PES (Pro Evolution Soccer) mas acredito que nos próximos anos os clubes brasileiros vão começar a apoiar

Ele afirma que às vezes se aventura em outros jogos, mas que fez do PES(Pro Evolution Soccer) sua profissão e que pretende se manter no topo por um bom tempo.

- Dificilmente jogo outros jogos, mas quando eu jogo, o Killing Floor e Rocket League são meus preferidos. Mas o PES agora é a minha profissão.

Depois de conquistar um vice-campeonato mundial em 2016 e ser campeão mundial este ano, Guilherme já soma mais de US$300 mil em prêmios (cerca de R$ 1 milhão na cotação atual) e sabe muito bem onde utilizar o dinheiro ganho.

- Irei pagar a faculdade e conversar com os meus pais a melhor forma de investir.

Para finalizar, “GuiFera” deixou uma mensagem para quem pensa em se aventurar profissionalmente no mundo dos e-sports.

- Precisa de muito empenho, dedicação, tranquilidade. Não é fácil mas com isso tudo é possível conseguir bons resultados. E claro nunca desistir, pois  vitórias e derrotas fazem parte da carreira de qualquer atleta.- completou o ciberatleta.

 

 

 
 
veja também
Team oNe cai na fase de entrada do Mundial de LoL
Cartola FC: Liga Turma de Catanduva
Cartola FC: Liga Turma de Catanduva
Cartola FC: Liga “Turma de Catanduva”
COMENTÁRIOS

(17) 99603-9669 | redacaome@gmail.com

O jornal Mural do Esporte é uma iniciativa do seu fundador, André Santos.

Mural do Esporte - Copyright ® 2017, Maquinaweb Soluções em TI - Todos os direitos reservados. All rights reserved.