FUTEBOL  
 
23/11/2017 - Atualizado em 23/11/2017
Conheça Nei Júnior, o comandante do Catanduva Futebol Clube
Por André Santos
 

-------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Nei Júnior (à direita) em trabalho pela Ponte Preta (Foto: GazetaPress - Campinas)

 

O Catanduva Futebol Clube fará sua estreia no futebol profissional em Abril de 2018 na série B do Campeonato Paulista, a “bezinha”.

Até lá, muito trabalho há de ser feito e o comandante deste trabalho será o técnico Nei Júnior.

Preparamos um especial sobre o perfil do treinador do CFC.

Ednei José Damásio, que para o mundo do futebol é simplesmente conhecido como Nei Júnior, tem 46 anos de idade, é bacharel em direito e quando jogador atuou em clubes de expressão nacional como, Ponte Preta e Paraná Clube.

Encerrou a carreira de jogador em 2004 e iniciou como treinador no ano seguinte pela equipe do Independente Futebol Clube da cidade de Limeira/SP.

Na carreira de treinador, além do Independente de Limeira, tem passagens por Santarritense/MG, Santacruzense, Ponte Preta (sub-20), América de Rio Preto, Atlético de Sorocaba, e Guaçuano.

Nei Júnior também comandou o Grêmio Catanduvense interinamente por algumas partidas e fez parte da comissão técnica da equipe do bruxo.

Seu último trabalho como treinador foi pelo Santarritense/MG no ano de 2015 quando ao finalizar a temporada decidiu dedicar-se a estudar e aprimorar seus conhecimentos em futebol, tanto na parte prática, quando na teórica.

 

Outras curiosidades sobre Nei Júnior:

Quais trabalhos você considera como sendo os mais vitoriosos como treinador?

NJ: Foi no ano de 2009 na Santacruzense quando chegamos às finais da série B quando deixamos uma base de um trabalho que foi de muito sucesso para o clube nos anos seguintes. O trabalho que fizemos na Ponte Preta logo em seguida (2010) também foi muito bom e posso considerar como sendo um dos melhores que já fiz.

O que você pensa dessa "concorrencia" com o Grêmio Catanduvense?

NJ: Na verdade eu acho muito bacana esse tipo de coisa porquê vai nos fazer crescer e consequentemente o pessoal do Grêmio Catanduvense também vai querer crescer pra não ficar pra trás. Mas não vejo como rivalidade, tanto que tenho amigos dentro do Grêmio, então vai ter um respeito muito grande pelos profissionais que estão lá. Vai ser apenas uma questão dentro de campo mesmo.

Quando começam os trabalhos efetivamente?

NJ: O trabalho começa de fato no dia 23 de Janeiro. A comissão está sendo montada e já temos o preparador de goleiros, o professor Nivaldo. Estamos conversando com outros profissionais como preparador físico e auxiliar técnico para comporem a comissão, mas ainda não está nada fechado.

Fale um pouco sobre a seletiva do dia 06 de Dezembro

NJ: Fizemos uma avaliação dos atletas que participam do projeto que já está em andamento das escolinhas do Padre Osvaldo. Nessa do dia 06 de Dezembro, vamos abrir a avaliação para outros atletas da região que queiram participar e tenho a expectativa de que possamos aproveitar alguns garotos já na pré temporada de 2018.

O que o torcedor pode esperar de sua equipe?

NJ: Muito trabalho, muito empenho e uma equipe aguerrida. Quero fazer desse, o meu melhor trabalho e tenho certeza de que todos os envolvidos neste projeto estão com essa mesma disposição. Teremos um ano de 2018 muito bom.

--------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 
 
veja também
Jogo Entre Amigos acontece no dia 30 de Dezembro no estádio Silvio Salles
Catanduva Futebol Clube seleciona quatro atletas em seletiva
Grêmio Catanduvense segue a preparação para a temporada 2018
Grêmio Catanduvense já se prepara para a temporada de 2018
COMENTÁRIOS

(17) 99603-9669 | redacaome@gmail.com

O jornal Mural do Esporte é uma iniciativa do seu fundador, André Santos.

Mural do Esporte - Copyright ® 2017, Maquinaweb Soluções em TI - Todos os direitos reservados. All rights reserved.