COLUNISTAS  
 
19/04/2018 - Atualizado em 19/04/2018
Conheça as vitaminas que devem compor o seu organismo para prevenir doenças
Por Redação
 

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

Nos tempos atuais, cada vez mais as pessoas tomam consciência de que prevenir doenças é o melhor remédio. Diversas doenças são originadas devido à falta de determinadas vitaminas em seu organismo.

A Dr.a Márcia Fraga, do Laboratório Exame foi fundo na pesquisa sobre as vitaminas e os efeitos que elas causam no organismo das pessoas.

Traremos esta pesquisa em partes, já que são muitas as vitaminas, sendo assim, você poderá saber um pouco sobre cada uma delas.

PRIMEIRA PARTE

VITAMINA D
A Vitamina D é uma vitamina que promove a absorção de cálcio essencial para o desenvolvimento dos ossos e dentes. A Vitamina D tem um papel muito importante na maioria das funções metabólicas e também nas funções musculares, cardíacas e neurológicas. A deficiência da vitamina D pode precipitar e aumentar a osteoporose em adultos e causar raquitismo, uma avitaminose, em crianças. A ação primordial da vitamina D é no trato digestivo, aumentando a absorção intestinal de cálcio e fósforo. Juntamente com o PTH, a vitamina D exerce papel fundamental na egulação das concentrações extracelulares de cálcio, além de fazer um feedback negativo na produção de PTH pela paratireoide. No osso, ela atua de forma permissiva na mineralização da matriz proteica óssea.

VITAMINA C
A vitamina C, também denominada ácido ascórbico, é uma molécula utilizada na hidroxilação de diversas reações químicas celulares. Ela é hidrossolúvel, ou seja, o organismo utiliza a quantidade que necessita e elimina o excedente; possui coloração branca e é inodora. Quando submetida à altas temperaturas, por um longo período, é destruída. Suas funções no organismo
são variadas, sendo que auxilia na resposta imunitária do organismo, ajuda no crescimento saudável das células de ossos, dentes, gengiva, ligamentos e vasos sanguíneos, auxilia na utilização eficiente do ferro, é importante para o funcionamento dos leucócitos sanguíneos. A hipervitaminose C pode gerar aumento dos níveis de oxalato com formação de cálculos renais. Níveis baixos também são encontrados em pacientes com sepse, pós-operatório, AIDS, Síndrome do Desconforto Respiratório, tabagismo, Doença de Addison, cirrose, cirrose, grandes queimaduras, pancreatite, uso de contraceptivos orais.

VITAMINA D 1,25
O termo ?vitamina D? engloba a vitamina D produzida na pele (Vitamina D3 ou colecalciferol) e a vitamina D de origem vegetal (Vitamina D2 ou ergocalciferol). O metabólito 1,25 dihidroxicolecalciferol (calcitriol) é a forma ativa da vitamina D, apresentando meia vida de 4 a 6 horas. Juntamente com a calcitonina e o PTH, regulam o metabolismo do cálcio. A sua carência é responsável por atraso na mineralização óssea (raquitismo e osteomalácia). Distúrbios da hidroxilação a nível renal levam à deficiência de calcitriol com valores de outro metabólito, o calcidiol (25-hidroxicolecalciferol), normais. Valores baixos de 1,25-hidroxicolecalciferol são encontrados na insuficiência renal e hipoparatireoidismo. Valores elevados de 1,25-hidroxicolecalciferol podem ser encontrados na gravidez, sarcoidose e na intoxicação vitamínica.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 
 
veja também
Conheça um pouco sobre a importância das vitaminas em nosso organismo (Parte 3)
Afinal: que tipo de corpo você tem?
Conheça as vitaminas que devem compor o seu organismo para prevenir doenças (PARTE 2)
VAMOS MUDAR! 8 hábitos para emagrecer que podem te ajudar
COMENTÁRIOS

(17) 99603-9669 | redacaome@gmail.com

O jornal Mural do Esporte é uma iniciativa do seu fundador, André Santos.

Mural do Esporte - Copyright ® 2018, Maquinaweb Soluções em TI - Todos os direitos reservados. All rights reserved.