COLUNISTAS  
 
28/09/2017 - Atualizado em 28/09/2017
Vida e Esporte com Gleison Begalli: A verdadeira festa do esporte brasileiro
Carros de luxo, mansões e depósitos milionários são alguns dos itens do cardápio festivo
Por Gleison Begalli
 

------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

Vários milhões aqui, outros poucos bilhões acolá e o alto escalão do esporte do Brasil estava em festa. Carros de luxo, mansões e depósitos milionários nas contas dos filhos são alguns dos itens do cardápio festivo.

E como toda boa comemoração, o anfitrião, Carlos Arthur Nuzman, Presidente do COB (Comitê Olímpico Brasileiro), convidou seletas personalidades para compartilharem juntos desse momento de extrema felicidade, como o ex-governador Sérgio Cabral (sempre ele) e vários secretários de primeiro escalão, o empresário Arthur Soares (Rei Arthur) e sua sócia, Eliane Cavalcante, que venceram contratos bilionários do governo carioca, membros do Comitê Olímpico Internacional (COI) e tantos outros.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Propositalmente, não convidaram os esportistas. Nós que vestimos o uniforme, entramos em quadra, treinamos, abrimos mão de tantas coisas para nos dedicarmos a honrar a camisa da nossa cidade, estado ou país, ficamos de fora. Certamente não queriam nos tirar o foco dos treinamentos.

Eu, particularmente, senti-me presente. Ao pagar meus impostos, assim como você, patrocinei esses fantásticos desvios de dinheiro público e, portanto, indiretamente, financiei esta esplendorosa festa. Considere-se presente também.

Sabe aquele ginásio de 2 milhões que não saiu do projeto? Aquela reforma da pista de atletismo tão sonhada? O aumento nos programas do apoio ao atleta? Investimento em preparação no exterior? Pedido de apoio para levar sua equipe no Campeonato Estadual?

------------------------------------------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Para todas essas perguntas, uma única e verdadeira resposta: “a verba está sendo usada em outros setores, indiscutivelmente mais relevantes”.

Mas entre tantos acertos dessa grande equipe, que veste a camisa do esporte brasileiro, temos que destacar uma única falha. Esqueceram de convidar a Polícia Federal e o Ministério Público, que acabaram transferindo os festejos para a carceragem federal.

Sempre há quem se ache no direito de estragar a felicidade alheia. E nesse caso, a intromissão é séria. Querem, inclusive, bloquear bens e dinheiro, inclusive em contas no exterior, para devolução aos cofres públicos. Pediram até ajuda do Ministério Público Francês.

Ainda não se sabe se o judiciário dará razão a estes intrusos. Esperamos que não.

Nessas comemorações festivas mais recentes, estima-se gastos em torno de 4 bilhões. Se dividirmos esse montante pelos 310 municípios brasileiros com mais de 100.000 habitantes, daria algo em torno de treze milhões de Reais para cada cidade. O que os Prefeitos fariam com essa ninharia?

Estão querendo acabar com a verdadeira festa do esporte brasileiro.

Gleison Begalli

Professor do Colégio São Mateus, esportista, empresário, cursilhista e rotaryano.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 
 
veja também
Super Dica com Dr. Daniel Artiaga: Conheça a Glutamina
Turma do Pedal com: Sandro Gallo
Super Dica com Dr. Daniel Artiaga: Recuperação pós treino
Super Dica com Dr. Daniel Artiaga
COMENTÁRIOS

(17) 99603-9669 | redacaome@gmail.com

O jornal Mural do Esporte é uma iniciativa do seu fundador, André Santos.

Mural do Esporte - Copyright ® 2017, Maquinaweb Soluções em TI - Todos os direitos reservados. All rights reserved.