BASQUETE  
 
AGENDA
 
12/01/2018
Estreando na LBF como treinadora, Fernanda Hartwig quer ir longe com o BAX Catanduva
Por André Santos
 

------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Técnica do BAX Catanduva fará sua estreia como treinadora profissional na LBF neste sábado

 

A técnica do BAX Catanduva, Fernanda Hartwig tem muito o que comemorar em sua curta carreira como treinadora de uma equipe profissional.

Desde que o time catanduvense foi fundado em 2017, ela foi a escolhida para dirigir não apenas uma equipe, mas sim, um projeto de resgate do basquete feminino de Catanduva que havia sido abandonado.

A diretoria comprou de imediato a ideia de renovar também o comando técnico e não apenas atletas e o resultado vem dando certo.

Fernanda é nascida no Paraná mas desde que resolveu seguir a carreira de jogadora passou por diversas equipes até chegar a Catanduva, onde firmou residência, e encerrou sua carreira como atleta em 2010.

Nesta época já comandava as escolinhas de basquete da prefeitura que chegaram a ter mais de quatrocentos alunos no total de todas as categorias.

Com a extinção do basquete feminino local no ano de 2013, as escolinhas também encerraram as atividades, mas Fernanda iniciou o mesmo projeto em um clube local onde ficou como coordenadora até o dia em que recebeu diretamente do presidente do BAX, Gleison Begalli, o convite para ser a comandante da equipe neste retorno ao cenário do basquete nacional.

Em 2017, ano de retorno do time às quadras, os resultados foram além do esperado para uma equipe com baixo orçamento e com média de idade de 23 anos. A técnica mostrou que sabe comandar uma equipe profissional e deixou de vez para trás a desconfiança sobre sua capacidade de comando.

Neste sábado(13) Fernanda fará sua estreia como treinadora em uma LBF, será a mais nova em idade e em tempo de carreira entre todos os técnicos desta Liga. Ela contribui diretamente, junto de toda a diretoria para o sucesso deste retorno de uma equipe de basquete feminino ao cenário nacional.

Para as atletas, ela é mais que uma treinadora, é também uma amiga que não se limita a apenas dar as ordens dentro de quadra, mas que cuida do bem estar de cada uma de suas atletas.

- Falar da Fernanda é fácil! Ela é uma grande amiga desde os tempos do antigo time de basquete e sempre fui a favor de estarmos com ela no comando agora com o BAX. Tenho certeza de que a carreira dela será de muito sucesso.- disse a capitã da equipe, Natália Burian.

O presidente Gleison Begalli disse estar muito feliz com a escolha que fez.

- Não tem como imaginar o BAX hoje sem a Fernanda. O time na verdade, tem a cara e o estilo dela de ser. Fizemos a escolha correta quando trouxemos ela para junto deste projeto.- completou Begalli.

A estreia do BAX da treinadora Fernanda Hartwig será neste sábado(13) Às 17h00 no Ginásio Anuar Pachá, em Catanduva, com entrada franca e transmissão via internet através da página oficial do BAX no facebook.

---------------------------------------------------------------------------------------------

 

 
 
veja também
BAX Catanduva chega a liderar a partida, mas estreia com derrota na LBF
Partida chegou a ser interrompida por duas vezes por conta de goteiras na quadra
BAX Catanduva vive semana intensa de treinos para a estreia na LBF
BAX Catanduva se prepara para a disputa da LBF
Com a chegada das argentinas Ornella e Julieta, equipe está completa para a temporada
BAX Catanduva contrata mais duas atletas para a disputa da LBF
COMENTÁRIOS

(17) 99603-9669 | redacaome@gmail.com

O jornal Mural do Esporte é uma iniciativa do seu fundador, André Santos.

Mural do Esporte - Copyright ® 2018, Maquinaweb Soluções em TI - Todos os direitos reservados. All rights reserved.